Posts

Clubes aprovam Var e Supercopa no Brasileirão

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou, na sexta-feira (22/04/19), ao Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro uma série de propostas para garantir avanços na organização e nos níveis técnico e disciplinar da competição. Supercopa retornara com tudo no ano que vem, pois o campeão da Série A deste ano já abrirá 2020 disputando este título.

Resultado de imagen de Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

O primeiro tópico da pauta foi a aplicação do árbitro de vídeo (VAR) nas 380 partidas da competição. A CBF assumirá, completamente, os gastos com tecnologia e infraestrutura, restando aos clubes apenas o pagamento das despesas com o capital humano, como ocorre, tradicionalmente, com as equipes de arbitragem.

Outra proposta importantíssima é fazer este ano uma campanha educativa em todas as competições nacionais pelo respeito à arbitragem e às regras do jogo. O objetivo é garantir mais tempo de bola rolando, menos punições disciplinares e um melhor produto para o público.

Além disso, as equipes também votaram para o limite de 40 inscritos Brasileirão. Importante ressaltar que o uso de jogadores da base é ilimitado e será permitido até cinco substituições na lista de inscritos durante a competição

Resultado de imagen de brasileirao 2019

Uma proposta que foi negada é a limitação das trocas de técnicos. A CBF propôs que fosse permitida apenas uma mudança durante toda a competição, mas os clubes rejeitaram. Nos últimos anos a CBF já havia tentado aprovar o limite, mas foi recusado em todas as vezes.

No ano que vem, a temporada do futebol brasileiro começará com a disputa da Supercopa do Brasil, O torneio está de volta e colocará frente a frente o campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. A partida será realizada em jogo único no início da temporada seguinte.

Com essas novas mudanças o Brasileirão ganha um novo aspecto? O que você acha do VAR no Brasileirão e do retorno da Supercopa do Brasil? Deixe sua mensagem no campo de comentários abaixo.